“Não existe interferência política na RTP”

0
144
Não há interferência política na Informação, quer do Governo, quer da oposição. Há um esforço continuado de independência e rigor, assente na prática de normas éticas e deontológicas que norteiam todo o trabalho duma equipa liderada por jornalistas que merecem toda a confiança.
A afirmação é de Pedro Bicudo, Director da Rádio e Televisão nos Açores, num comunicado enviado às redacções, em resposta às dúvidas que tem sido levantadas, nos últimos dias.

Não é verdade que haja pedido de demissão da chefia de redacção da RTP-Açores por interferência política na Informação, acrescenta Pedro Bicudo, que afirma por outro lado, que não é verdade que haja um pedido de demissão em bloco na redacção da Antena 1-Açores por oposição ao projecto de valorização de sinergias entre jornalistas de rádio e de televisão.

O Director da RDP e RTP Açores, reconhece,  que existem  limitações de meios,  mas estas estão a ser progressivamente ultrapassadas na execução dum projecto de modernização da rádio e televisão públicas na Região.

Um processo onde está salvaguardada, a independência redactorial, que está a ser rigorosamente seguido, ou seja,  não é correcto dizer,  que há fusão de redacções de rádio e de televisão. Ambas são e continuarão editorialmente independentes, com chefias totalmente separadas, salienta, Pedro Bicudo. 

O Director da Rádio e Televisão Públicas, termina dizendo,  que a falta de recursos humanos, limitações financeiras e técnicas. São situações conhecidas e que estão a ser tratadas nos devidos espaços.

in AOriental / Cristina Pires

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here