Deputado do CDS-PP defende Ensino Profissional na Ilha das Flores

0
208

paulo-rosaO Deputado do CDS-PP Açores, Paulo Rosa, quer saber que apoios e incentivos têm os jovens da ilha das Flores para a frequência do Ensino Técnico-Profissional, uma vez que desde há alguns anos esta parte a ilha está sem Escola Profissional.

O parlamentar democrata-cristão lembra que “o Programa do X Governo Regional advoga os princípios da generalização e promoção do Ensino Técnico-Profissional no âmbito Regional”, mas que desde que a Escola Profissional de São Jorge fechou a sua Delegação nas Flores os jovens florentinos têm de sair da sua ilha para frequentar o ensino técnico-profissional.

Em requerimento enviado ao Parlamento Açoriano, Paulo Rosa, salienta que esta situação configura “uma substancial desigualdade no âmbito económico para as famílias desses jovens relativamente à realidade do resto da Região”.

Pelo exposto, o Deputado questiona o Governo sobre que “mecanismos existem ao dispor dos jovens Florentinos (bolsas, alojamento, ou outros) para minorar o impacto financeiro adverso de terem que se deslocar para outra ilha a fim de frequentar esta modalidade de ensino?”

O parlamentar eleito pelas Flores interroga ainda o executivo sobre “qual o montante dos apoios de carácter financeiro que o Governo Regional concede aos jovens que frequentam ou pretendem frequentar o Ensino Técnico-Profissional numa outra ilha, por não haver essa valência na sua ilha de origem” e se “caso estes jovens não beneficiem de qualquer tipo de apoio neste momento”, se “tenciona o Governo Regional ressarci-los pela situação de discriminação em que se encontram no universo regional?”

Paulo Rosa afirma que “o Ensino Técnico-Profissional é, reconhecidamente, vocacionado para dotar os jovens Açorianos de um perfil de maior empregabilidade” e que para evitar que “nas Ilhas do Grupo Ocidental os jovens em idade escolar continuem sem qualquer modalidade de ensino que se enquadre nesse primado, o que configura um atropelo ao princípio da coesão regional, o Grupo Parlamentar do CDS-PP não prescinde de advogar a implementação desta modalidade de ensino em todas as ilhas da Região”.

Por outro lado, e a finalizar, o Deputado centrista questiona ainda “sob que forma pretende o Governo Regional implementar o Ensino Técnico-Profissional nas Flores?” e para “quando prevê o Governo Regional efectivar a implementação dessa modalidade de ensino na Ilha das Flores?” 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here