Entre 2.500 e 3.000 migrantes chegaram esta noite à Áustria vindos da Hungria

0
361

Entre 2.500 e 3.000 migrantes chegaram nas últimas horas à Áustria, provenientes da Hungria, anunciou hoje a polícia austríaca, um dia depois de as autoridades húngaras terem decidido levá-los de autocarro de Budapeste até à fronteira.

“Eu estou na fronteira com a Hungria e vejo. O fluxo (de pessoas) continua”, disse Hans Peter Doskozil, chefe da polícia de Burgenland (leste da Hungria) à agência austríaca.

“Esperamos entre 17 e 18 autocarros de dois andares para conseguirmos levar as pessoas para Viena e talvez também para a Alemanha”, acrescentou.

O primeiro comboio com 400 migrantes deixou já a cidade austríaca de Nickelsdorf, na fronteira com a Hungria, e outro com aproximadamente o mesmo número de pessoas está prestes a partir, afirmou Doskozil.

A Hungria tinha anunciado na noite de sexta-feira o fretamento de cerca de uma centena de autocarros para levar os milhares de migrantes para a Áustria, que aceitou, juntamente com a Alemanha, recebê-los.

Os autocarros com migrantes partiram da principal estação na capital húngara, Budapeste. Alguns apanharam pelo caminho parte dos 1.200 migrantes que estavam a caminhar a pé em direção à fronteira.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia, reunidos no Luxemburgo desde sexta-feira no tradicional encontro informal de ‘rentrée’, vão discutir hoje a crise migratória e de refugiados, que tem dividido os Estados-membros.

Na sexta-feira, o Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres, apelou à distribuição de pelo menos 200.000 refugiados (enquanto os planos de Bruxelas têm apontado para um número próximo dos 120.000), defendendo também que todos os Estados-membros devem ter a obrigação de participar neste programa.

 

Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here