SATA apresenta Azores Airlines e nova imagem na diáspora

0
481

fotoA Azores Airlines, nova denominação da SATA Internacional, foi esta quinta-feira apresentada em New Bedford, nos EUA, mudança esta que faz parte do Plano Estratégico da SATA, justificada pela necessidade comercial de reforçar o posicionamento da companhia face ao destino Açores.

“A Azores Airlines nasce não pela vaidade de termos novos aviões ou uma nova imagem, mas para dar resposta a esta necessidade permanente de estarmos mais próximos, assente num serviço que se quer de elevada qualidade”, afirmou o Secretário Regional do Turismo e Transportes na cerimónia de apresentação da nova imagem da Azores Airlines, salientando que é preciso “continuar a ser criativos, continuar a ser ambiciosos, para criar novas formas de relacionamento” entre todas as ilhas dos Açores e todas as comunidades da diáspora. 

Vítor Fraga, enquanto membro do Governo dos Açores, “que é o verdadeiro representante daqueles que são os verdadeiros acionistas da SATA, ou seja, todos os Açorianos”, frisou estar presente na cerimónia para “reafirmar o compromisso de que podem contar com o Grupo SATA e agora com a Azores Airlines para manter e reforçar os laços existentes entre a Região e as comunidades açorianas”. 

“Precisamos sempre de mais Açorianos ou de mais pessoas ligadas aos Açores para todas as ações que contribuem para o nosso crescimento e desenvolvimento”, acrescentou.

Na sua intervenção, salientou ainda que é necessário prosseguir o trabalho “para continuarmos a construir uma Região cada vez melhor, para projetá-la no futuro e dar um sentido mais eficaz à imagem dos Açores de hoje”. 

Numa referência aos resultados do setor do turismo no ano passado, Vítor Fraga salientou que “2015 foi o melhor ano de sempre na história do turismo nos Açores”, tendo sido atingidos “os melhores números em quase todos os indicadores”. 

“Neste ano de 2015 houve um incremento de dormidas na Região de 19,6%, mas, mais do que isso, desde que o atual Governo tomou posse, com a presidência de Vasco Cordeiro, o setor do turismo cresceu nos Açores 33,3%”, revelou o Secretário Regional, adiantando que, após a tomada de posse, o Executivo definiu os EUA e o Canadá como “dois mercados prioritários, em que era fundamental ter uma atitude que levasse a um incremento no número de turistas a visitar os Açores e no número de dormidas na Região”. 

“Alterámos a estratégia, aumentámos a conetividade, passámos a ter uma estratégia de comunicação direta com o cliente final e, das 36 mil dormidas que tínhamos em 2012 (nos EUA), passámos para 72 mil dormidas em 2015″, afirmou, acrescentando que, “no Canadá, das 19 mil dormidas de 2012, passámos para 37 mil dormidas em 2015”. 

“Nestes dois mercados fundamentais, onde a nossa comunidade está bem presente, em três anos conseguimos duplicar o fluxo de turistas para a nossa Região”, frisou.

 Vítor Fraga, que salientou não ser este um trabalho apenas do Governo, mas “um trabalho de todos, naturalmente das entidades públicas mas, sobretudo, das entidades privadas”, mostrou-se convicto de que os números têm ainda margem para crescer.

“É esta ambição, é este querer que nos carateriza e para o qual contamos convosco. Os nossos emigrantes são os nossos verdadeiros embaixadores, são os verdadeiros embaixadores do Destino Açores. Não há ninguém que nos conheça melhor do que vós, não há ninguém melhor do que vós para ajudar a divulgar o nosso arquipélago. Estou certo que o têm feito e estou ainda mais certo que irão continuar a fazê-lo, conscientes da importância dessa função”, afirmou o Secretário Regional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here