Azores Fringe leva sessões de curtas metragens a todas as ilhas dos Açores

0
724

A Região acolhe, a partir desta sexta-feira, e até ao próximo dia 01 de julho a sexta edição do Festival Azores Fringe, no âmbito do qual serão projetados 58 filmes, com sessões apresentadas em todas as ilhas dos Açores, uma organização MiratecArts.

Foram programadas cinco sessões de curtas metragens que serão projetadas em Santa Maria (Espaço em Cena), São Miguel (La Bamba), Flores (Museu das Lajes das Flores), Corvo (Biblioteca Municipal), São Jorge (Manadas), Faial (Biblioteca Pública e Arquivo Regional), e ainda na Terceira e Graciosa, em local a anunciar.

No Pico, centro embrionário do Azores Frinze, estarão em exibição todas as 57 curtas, “oferecendo uma viagem de volta ao mundo”, que terá lugar no Auditório do Museu dos Baleeiros.

Programa está ainda a apresentação da longa metragem “Paraíso Perdido” por Oliver Victoria, filmado nas ilhas das Flores, São Miguel e Terceira, que estreia na Fazenda das Lajes das Flores, a 16 de junho.

De acordo com a MiratecArts, as sessões de curtas, estão divididas por cinco sessões.  “Cenas de Portugal”, que apresenta 10 curtas produzidas no nosso país, “Europe in Shorts”, Promofest  – dedicada ao público aventureiro, a  Bang Awards –  com uma sessão dedicada ao público mais jovem, e a encerrar a mostra, haverá uma sessão de 15 curtas que levará as audiências por todos os cantinhos do mundo.

O público terá a oportunidade de escolher os seus filmes favoritos que irão receber da MiratecArts, entidade organizadora desta explosão artística dos Açores para o mundo, o Prémio Audiência e a mascote do festival.

 

Para mais informação sobre os 85 eventos, a acontecer nas 9 ilhas dos Açores, visite www.azoresfringe.com

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here