Gui Meneses assegura que “ainda não há um projeto concreto para a criação de um porto espacial em Santa Maria”

0
328

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou, em Vila do Porto, que “ainda não há nenhum projeto concreto” para a criação de um porto espacial em Santa Maria, frisando que existem apenas “manifestações de interesse por parte de empresas” do setor, na sequência dos estudos da Agência Espacial Europeia (ESA) para a escolha de locais de acesso ao espaço a partir da Europa.

Gui Menezes falava quarta-feira à noite na sessão pública de esclarecimento ‘Projetos Espaciais – que oportunidades para Santa Maria e para os Açores?’, que contou com a presença de cerca de duas centenas de pessoas.

O Secretário Regional afirmou que esta iniciativa acontece na sequência de um compromisso assumido em julho, durante a visita estatutária à ilha, com o objetivo de pôr fim a “más interpretações” sobre a possibilidade de vir a ser criado um porto espacial em Santa Maria.

“Queremos informar as pessoas, à data de hoje, sobre o ponto de situação e sobre os próximos passos” relativamente a este assunto, assegurou.

Gui Menezes garantiu que, “à data, não há nenhum projeto concreto”, referindo que o Executivo açoriano ainda vai “avaliar o grau de compromisso das empresas promotoras que apresentaram, nos estudos da ESA, intenções” de instalar em Santa Maria um porto espacial.

O titular da pasta da Tecnologia afirmou que, até ao final deste ano, haverá a adaptação da Lei do Espaço à Região Autónoma dos Açores, frisando que a proposta de lei, aprovada em agosto em Conselho de Ministros, salvaguarda os interesses de Região.

Segundo o Secretário Regional, o Governo dos Açores vai avaliar os estudos da ESA para “poder prosseguir com um eventual space port (porto espacial)”, estimando-se que durante o primeiro trimestre do próximo ano estejam definidas as condições para a tomada de decisão sobre o arranque de um projeto desta natureza.

Gui Menezes sublinhou que este tipo de projeto, “pelas suas potencialidades, pode ser transformador não só para Santa Maria, mas também para os Açores e para o país”.

O Secretário Regional defendeu ainda que o Governo dos Açores “nunca procura o desenvolvimento a todo o custo”, frisando que “tudo será feito na defesa dos interesses dos Marienses e dos Açorianos”.

Gui Menezes admitiu, no entanto, que projetos deste género são “sempre fraturantes”, referindo que “haverá sempre pessoas a favor e contra”.

Download PDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here