Benfica vence Santa Clara e isola-se no segundo lugar

0
44

O Benfica venceu esta sexta-feira o Santa Clara por 2-0 em jogo a contar para a 17ª jornada do campeonato nacional e ascendeu ao segundo lugar da prova depois do empate do SC Braga em Portimão.

Seferovic e Jardel marcaram os golos da equipa de Bruno Lage no triunfo do Benfica na 17ª jornada.

No regresso do Benfica aos Açores 16 anos depois, Bruno Lage operou duas alterações no onze ‘encarnado’ em relação ao triunfo por 4-2 sobre o Rio Ave na última jornada. Cervi e Salvio saíram da equipa para dar entrada a Gabriel e Zivkovic, e com esta alteração o Benfica ganhou outra capacidade técnica para segurar a bola a meio-campo.

O médio brasileiro assumiu-se como determinante nas transições rápidas dos ‘encarnados’, mas as linhas muito próximas do Santa Clara dificultavam as operações ao Benfica nos instantes iniciais. Aos 13′ minutos, o Santa Clara beneficiou de um pontapé de canto com Vlachodimos a afastar o perigo e Seferovic a fazer a emenda com um remate para longe da área. O Benfica respondeu de imediato com uma jogada aos 16′ minutos entre Grimaldo e Zivkovic, mas o João Félix não conseguiu dar o melhor seguimento ao passe do extremo sérvio e a bola acabou por sair para fora.

Com o decorrer do tempo, o Benfica foi assumindo o controlo das operações e aos 22′ minutos abriu o marcador através de uma jogada iniciada pro André Almeida. O lateral direito fez um passe longo para a área contrária onde Seferovic aproveitou uma escorregadela de Fábio Cardoso para fugir à marcação dos centrais e com um remate colocado fazer o 1-0.

Na jogada seguinte, o Santa Clara voltou a criar perigo junto à baliza do Benfica com um cruzamento-remate de Ukra que obrigou Odysseas Vlachodimos a afastar a bola com a ponta da luva. Aos 30′ minutos, Patrick ensaiou um remate, mas o guardião grego do Benfica ‘encaixou’ o esférico com tranquilidade.

Cinco minutos depois o Benfica voltou a surgir na área açoreana com muito perigo com Seferovic a tentar servir João Félix, mas o jovem avançado dos ‘encarnados’ não chegou a tempo e falhou o remate por por muito pouco. Pizzi ainda tentou encontrar espaço para o remate, mas acabou desarmado.

Num jogo que foi crescendo em qualidade, o Santa Clara reagiu de imediato aos 36′ minutos com um forte remate de Bruno Lamas. O médio do Santa Clara surgiu solto na área e com um remate de pé direito obrigou Odysseas Vlachodimos a uma defesa apertada. Três minutos depois foi a vez de Sergio a ter uma defesa apertada num lance criado por João Félix. O jovem avançado do Benfica ‘picou’ a bola para a área onde Seferovic surgiu para finalizar, mas o desvio do avançado suíço acabou por ser parado pelo guarda-redes dos ‘açorianos’.

Antes do intervalo, João Capela assinalou uma grande penalidade a favor do Benfica por falta de Fábio Cardoso sobre Pizzi, mas o castigo máximo acabou por ser cancelado após análise do vídeo-árbitro. Por indicação do VAR, João Capela analisou as imagens do lance e decidiu assinalar falta fora da área e expulsão do central do Santa Clara.

Com o Santa Clara em inferioridade numérica no arranque da segunda parte, o Benfica aproveitou para ‘imprimir’ mais pressão sobre o adversário e chegou ao segundo golo do jogo na sequência de um pontapé de canto marcado por Pizzi. Jardel saltou no centro da área do Santa Clara e de cabeça fez o 2-0 aos 48′ minutos.

A vencer por 2-0, o Benfica ganhou outro tipo de tranquilidade e esteve perto de dilatar o marcador em várias ocasiões. Aos 50′ minutos, um passe de João Félix permitiu a Seferovic enquadrar-se com a baliza e atirar para o fundo da baliza de Serginho, mas o lance acabou por ser invalidado por posição irregular do avançado helvético.

Dois minutos depois, Grimaldo apareceu em posição privilegiada e optou por passar a bola a Seferovic, mas o avançado suíço estava marcado por Mamadu que interceptou a bola na altura certa e impediu o golo. O Benfica estava com o ‘pé no acelerador’ e aos 53′ minutos um cruzamento de Zivkovic criou muito perigo na área do Santa Clara, mas não apareceu ninguém para finalizar. André Almeida ainda meteu o esférico no coração da área, mas nem Pizzi nem Seferovic conseguiram finalizar.

Aos 57′ minutos, Seferovic apareceu em boa posição para fazer o 3-0, mas o remate do avançado suíço saiu às malhas laterais.

Depois de tantos lances perigosos falhados pelo Benfica, o Santa Clara reagiu aos 75′ minutos com Patrick a assistir Pineda, mas o cruzamento do avançado dos ‘açorianos’ para a área dos ‘encarnados’ acabou por perder-se porque Schettine não conseguiu dominar o esférico.

O Benfica voltou a estar perto do golo aos 84′ minutos mas o remate de Seferovic após simulação de João Félix acabou por ser parado por Serginho. Antes do apito final, Bruno Lage ainda lançou Castillo para o lugar de João Félix, mas o resultado não voltaria a sofrer alterações.

Com esta vitória, o Benfica sobe ao segundo lugar da prova com 38 pontos, mais um do que o Sporting de Braga, terceiro e que empatou (1-1) na quinta-feira em casa do Portimonense, e menos quatro do que o FC Porto, líder e que no sábado joga em Alvalade com o Sporting, quarto com 34. O Santa Clara é nono classificado com 21 pontos.

 

Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here