CDS questiona Governo Regional sobre listas de espera

0
174

O Grupo Parlamentar do CDS entregou, na Assembleia Regional, dois requerimentos onde questiona o Governo Regional sobre a publicação dos boletins informativos do SIGICA acerca das listas de espera cirúrgicas, assim como sobre os tempos de espera no Hospital de Santo Espírito da ilha Terceira.

Para o CDS, “a universalidade no acesso à saúde é fundamento primeiro da atuação do Serviço Regional de Saúde, pelo que deve ser realizado em condições de igualdade e qualidade”, motivo pelo qual questiona o Executivo, sobre a data prevista para a publicação dos boletins informativos do SIGICA referentes a junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2018, considerando que a não publicação dos boletins informativos, desde maio de 2018, sobre as listas de espera cirúrgicas nos hospitais da Região, “denota falta de transparência e contraria o compromisso de divulgação atempada dos tempos de espera em cada especialidade assumido pelo Governo Regional”.

“0s cuidados de saúde devem ser prestados, de forma atempada”, afirmam os centristas, sendo, por isso, “necessário que os tempos de espera para a realização de exames clínicos e de consultas sejam adequados à situação clínica de cada doente”, defendem, argumentando que “são do conhecimento público reiteradas queixas sobre a incapacidade do Hospital de Santo Espírito da ilha Terceira (HSEIT) em prestar os devidos cuidados de saúde aos utentes, nomeadamente em relação ao tempo de espera para primeira consulta de especialidade e em relação ao tempo de espera para exames complementares de diagnóstico”, acusam em comunicado enviado à redação.

Assim sendo, o CDS quer saber quais os tempos de espera, no HSEIT, para a primeira consulta de angiologia e cirurgia vascular, cirurgia geral, estomatologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ortopedia, urologia, cardiologia, dermatologia, endocrinologia/nutrição, gastrenterologia, medicina interna, nefrologia, neurologia, oncologia médica, pneumologia, ginecologia/obstetrícia, psiquiatria e psicologia, bem como quais os tempos de espera para os exames complementares de diagnóstico, nomeadamente, da apneia do sono – polissonografia; broncoscopia; endoscopia digestiva alta; colonoscopia; ressonância magnética nuclear; TAC; osteodensitometria; ecografia; ecocardiografia e da prova de esforço.

O CDS questiona ainda o Governo Regional, relativamente à fisioterapia, sobre quantos utentes estão em lista de espera, qual é o tempo estimado para início do tratamento por patologia e quantos utentes são atendidos por dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here