Reforçada cooperação na área da agricultura em Bruxelas

0
127

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas salientou hoje, em Ponta Delgada, a cooperação “muito estreita” que vai ser desenvolvida, em Bruxelas, entre o Governo e a Federação Agrícola dos Açores.

Rui Bettencourt, que falava aos jornalistas na assinatura de um protocolo de entendimento com a Federação Agrícola dos Açores, entidade que passa a ter um representante colocado no Gabinete de Representação dos Açores em Bruxelas, afirmou esperar que “possa haver uma defesa ainda mais forte de uma área de atividade importantíssima para os Açores, que é a agricultura e a agropecuária”.

“Evidentemente que isto tem consequências muito importantes”, afirmou o governante, referindo que o Quadro Financeiro Plurianual 2021/2027 está a ser estabilizado e negociado e que “um reforço no alerta e na operacionalização daquelas que são as competências do Gabinete numa área tao importante para nós, é fundamental”.

O titular da pasta das Relações Externas recordou ainda os “quatro eixos de atuação” em que assenta a criação do Gabinete de Representação dos Açores em Bruxelas, nomeadamente de vigilância estratégica, de informação, de apoio logístico e de representação dos Açores, do seu Governo, da sua sociedade e dos seus parceiros sociais.

“É este espírito e este eixo de atuação que norteia o que está a ser feito“, frisou Rui Bettencourt, considerando que o Gabinete em Bruxelas “pode ser muito potenciado”, desde que “não seja só o Gabinete do Governo dos Açores, mas seja um gabinete de representação dos Açores, do seu Governo, dos seus parceiros sociais, das suas forças vivas, das suas empresas, da sociedade civil”, conforme tem sido reiterado.

Para o Secretário Regional, a assinatura deste protocolo “simboliza o início de uma colaboração que vai ter os seus momentos fortes e os seus momentos difíceis”, mas que “vai ter certamente um retorno para os Açores e para a agricultura, em particular, que vai ser muito positivo”.

Rui Bettencourt destacou o trabalho conjunto com a Secretaria Regional da Agricultura e Florestas no sentido de operacionalizar esta aproximação que agora se inicia, felicitando também a Federação Agrícola dos Açores “pela disponibilidade e pelo apoio que tem dado a esta estratégia”, para que, juntos, em Bruxelas, possam articular estes assuntos, de modo a serem “mais eficientes nesta área tão fundamental para os Açores que é a agricultura”.

O acordo de entendimento hoje assinado, entre os secretários regionais da Agricultura e Florestas, João Ponte, e Adjunto da Presidência para as Relações Externas e a Federação Agrícola dos Açores, visa reforçar a representação do setor agrícola dos Açores junto de órgãos comunitários, utilizando a logística e o apoio do Gabinete de Representação da Região Autónoma dos Açores em Bruxelas, aprimorando a aproximação entre a sociedade civil açoriana e os diferentes organismos europeus na defesa dos Açores.

Os dois membros do Governo Regional ficam obrigados a apoiar a Federação Agrícola no cumprimento da sua missão em Bruxelas, apoiar a logística e permitir o acesso e utilização do espaço do Gabinete de Representação e implementar uma estratégia de articulação na abordagem às instâncias comunitárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here