Preservação da Natureza como maior ativo do setor é “responsabilidade de todos os Açorianos”

0
141
Foto - José Franco

Os Açores são “fortemente marcados por uma biodiversidade de elevado valor”, que tornam o arquipélago “singular e o valorizam imensamente como destino de turismo de natureza”, aumentando o nível de responsabilidade de todos, sejam agentes turísticos, investigadores, residentes ou turistas, numa atuação “em prol da sua preservação, que é fundamental para todos”, afirmou esta terça-feira, em Ponta Delgada, a Diretora Regional do Turismo, na sessão de abertura da primeira edição da BioTalks – Semana do Ambiente e Ciência, salientou que, onde durante os próximos dias, especialistas de várias áreas temáticas terão oportunidade de divulgar os seus conhecimentos e partilhar as suas experiências, no contexto da atividade turística, da investigação científica e da conservação dos recursos naturais associados à biodiversidade, que assume no arquipélago um enquadramento particularmente especial atendendo às especificidades geomorfológicas das ilhas açorianas, seja em terra ou no mar.

Para Cíntia Martins, “só faz sentido um turismo sustentável que pretenda chegar a uma situação de equilíbrio que permita ao setor do turismo funcionar com um critério de rentabilidade a longo prazo, mas não à custa dos recursos naturais, culturais ou ecológicos”, disse, reforçando que, tanto o setor público como o privado, têm a consciência de que “a riqueza de uma Região se consubstancia sobretudo nos seus recursos endógenos e na forma como os explora e de que o crescimento económico, o crescimento turístico e a proteção do património natural são, e devem ser, objetivos compatíveis e complementares”.

“A geodiversidade, o património geológico e os geossítios, a morfologia vulcânica marcam a nossa identidade paisagística, assumindo uma relevância acrescida em termos de atratividade turística, e têm impulsionado o desenvolvimento do geoturismo, do turismo ativo e de aventura em contacto com a Natureza que, por sua vez, levaram a que os Açores sejam atualmente um destino de eleição para amantes do mergulho, da observação de cetáceos, do pedestrianismo, do geoturismo, do birdwatching, do vulcanismo e muito mais”, frisou.

A BioTalks – Semana do Ambiente e da Ciência é organizada pela Picos de Aventura, tendo a Diretora Regional salientado que esta empresa “desde sempre tem zelado por primar a sua atividade de animação turística pelo respeito contínuo por essa biodiversidade, que tanto nos valoriza como destino turístico”, referindo, nesse sentido, a atribuição de certificação de qualidade da Marca Açores e, mais recentemente, a conquista do prémio de ‘Melhor Empresa de Animação Turística’ de 2019, em Portugal, atribuído pela revista Publituris.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here