Açores precisam “novo ciclo” para combate efetivo à toxicodependência – PSD/Açores

0
124

O deputado do PSD/Açores Carlos Ferreira afirmou hoje, que a Região necessita de um “novo ciclo” para que seja empreendido um combate efetivo à toxicodependência, alegando que o arquipélago “perdeu uma década” sem ter uma estratégia nesta área.

“Os Açores não podem perder legislaturas consecutivas sem abordar problemas desta gravidade com a eficácia que se exige, enquanto milhares de açorianas e açorianos se vão perdendo no mundo da toxicodependência”, afirmou o social-democrata, na Assembleia Legislativa dos Açores.

O parlamentar do PSD/Açores, que falava durante um debate de urgência promovido pelo partido sobre políticas de prevenção e combate às toxicodependências, salientou que a Região “precisa de uma nova forma de governar e de um Governo que não ande a reboque”.

“E nesta matéria, em concreto, os Açores precisam urgentemente de uma estratégia regional para a prevenção e combate às dependências”, disse.

Mas para o Governo Regional, os Açores “têm apresentado nos últimos anos uma melhoria relativamente ao fenómeno das toxicodependências, enquanto algumas regiões do país estão a fazer um trajeto em sentido contrário”.

O Secretário Regional da Saúde garantiu que o Executivo está a desenvolver “um conjunto de medidas estruturantes na área das dependências, que se enquadram na estratégia regional de prevenção e combate a estes fenómenos”, e assegurou que o Governo “não se resigna também nesta matéria, como se comprova com a estratégia que está a ser implementada com medidas concretas e transversais, antes mesmo dos resultados do estudo regional sobre comportamentos aditivos”.

“Sabemos que o álcool e o tabaco são as substâncias psicoativas mais consumidas pelos jovens e, por isso, criámos dois planos específicos para estas problemáticas”, frisou Rui Luís, adiantando que “esta evolução positiva não invalida a premência e a necessidade da adoção de medidas para vencer este desafio, constando do relatório nacional sobre esta matéria relativo a 2017, assim como do inquérito aos jovens que participaram no Dia da Defesa Nacional”.

Ainda em debate, Carlos Ferreira questionou o Secretário Regional da Saúde sobre o prometido estudo sobre as dependências nos Açores, cuja realização foi recomendada pela Assembleia Legislativa dos Açores em janeiro de 2017, tendo o titular da pasta da Saúde adiantado que o “Estudo sobre Comportamentos Aditivos e Dependências da Região, com uma amostra mais alargada do que inicialmente previsto, será apresentado ainda em junho.

O parlamentar do PSD/Açores interrogou ainda o Governo Regional sobre a produção de cannabis para fins medicinais na Região, dado que, segundo notícias vindas a público na comunicação social açoriana, se “realizou no dia 30 de maio uma reunião para abordar o tema”, mas esta pergunta ficou sem resposta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here