BE propõe eliminação da cobrança de taxas moderadoras da Saúde nos Açores

0
154

O Bloco de Esquerda anunciou hoje que vai propor a eliminação da cobrança de taxas moderadoras nos Açores nos Centros de Saúde e em todas as consultas e exames prescritas no âmbito do Serviço Regional de Saúde.

A iniciativa aprovada na semana passada, na Assembleia da República, também pela bancada do Bloco de Esquerda, que elimina a cobrança de taxas moderadoras nos cuidados de saúde primários e em todas as consultas e prestações de saúde que sejam prescritas por profissionais de saúde e cuja origem de referenciação seja o Serviço Nacional de Saúde, não se aplica directamente na Região, o que motivou o BE a colocar novamente este assunto em discussão, impulsionado também pelas palavras do Secretário Regional da Saúde que na passada sexta-feira afirmou, que o Governo Regional admitia analisar o fim das taxas moderadoras na Região na sequência do que foi aprovado na Assembleia da República. “É esta a oportunidade de o fazer”, desafia António Lima.

“Se o PS aprovou na Assembleia da República uma proposta do BE que elimina grande parte das taxas moderadoras, tem que fazê-lo também nos Açores”, acrescentou o deputado do BE, considerando que fazer o contrário “seria de uma enorme incoerência e diferença de atuação”.

António Lima lembra que o BE “foi sempre contra a cobrança das taxas moderadoras na Saúde desde a sua criação – nos Açores, em 2011, pelo Governo do PS”, não entendendo que sentido faz “moderar o acesso a exames prescritos, por exemplo, pelos médicos de família ou a consultas de especialidade para onde um utente é encaminhado por um profissional de saúde do Serviço Regional de Saúde?”.

Para o Bloco de Esquerda “é hora de acabar com as taxas moderadoras no Serviço Regional de Saúde e dar um passo em frente no sentido de o tornar universal e gratuito”, afirmou o líder do BE.

“Os açorianos e açorianas não podem ficar de fora deste avanço que o Bloco de Esquerda conseguiu que se concretizasse para o Serviço Nacional de Saúde”, acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here