BE questiona Governo Regional sobre câmaras hiperbáricas do Faial e das Flores

0
181

O Bloco de Esquerda questionou hoje o Executivo, saber as razões para que a mudança da câmara hiperbárica do Hospital da Horta ocorra durante o verão, querendo também saber  para quando se prevê que seja realizada a manutenção da câmara hiperbárica do centro de saúde das Flores, que  não está em funcionamento.

A questão foi levantada após ter sido tornado público, que os tratamentos no hospital da Horta serão suspensos pelo menos durante 3 semanas, para que seja feita a transferência da câmara hiperbárica para junto da nova unidade de cuidados intensivos, questionando o Bloco de Esquerda sobre o ‘timing’ escolhido, uma vez que corresponde à altura do ano em que há mais risco de acidentes, uma vez que a prática de mergulho aumenta significativamente.

Os deputados do BE ressalvam ainda a importância da medicina hiperbárica para tratamentos de diversas patologias, como infeções bacterianas, lesões do pé diabético e outras úlceras isquémicas, na surdez súbita, entre outras, solicitando ao Governo Regional dados relativos ao número de pessoas a fazer tratamento através da câmara hiperbárica, desagregado por patologias e por ilha de residência.

O Serviço Regional de Saúde conta com três câmaras hiperbáricas que se encontram instaladas no Hospital de Ponta Delgada, no Hospital da Horta e no centro de saúde de Santa Cruz das Flores, sendo que durante o período de transição da hiperbárica da Horta, ficará em funcionamento apenas a de Ponta Delgada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here