Novo navio ‘Mestre Jaime Feijó’ já vem a caminho dos Açores

0
2096
Foto - cantabricshipping / Direitos Reservados

O novo navio ‘Mestre Jaime Feijó’, construído para substituir o acidentado Mestre Simão, já saiu das Astúrias e já vem a caminho dos Açores, anunciou hoje a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas.

Ana Cunha, que falava em Ponta Delgada, adiantou ainda que se prevê que o “Mestre Jaime Feijó, chegue aos Açores, concretamente à Horta, antes do final da próxima semana”.

A Secretária Regional com a tutela dos transportes explicou que o navio, após o término da sua construção, “já passou por um processo de certificação e de legalização”, mas deverá ainda ser “objeto de um procedimento de certificação pela Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM)”, sendo que “só entrará em operação após o registo nas autoridades marítimas nacionais”.

Ana Cunha não se comprometeu com prazos para a entrada em serviço do ‘Mestre Jaime Feijó’, uma vez que “o processo de certificação não tem um prazo determinado”, tendo manifestado a sua confiança de que “se tudo correr bem, rapidamente entrará em operação”.

A governante lembrou que o novo navio ‘Mestre Jaime Feijó’ representa “um investimento, feito pela Atlânticoline, no valor aproximado de 10 milhões de euros”, tendo a sua construção decorrido “conforme planeado e dentro do cronograma inicial”.

Ana Cunha frisou que este navio apresenta “algumas melhorias em relação ao acidentado ‘Mestre Simão’, nomeadamente através do reforço da sua capacidade de viaturas”.

O navio, construído pelos estaleiros ‘Astilleros Armon’, comporta 333 passageiros e 15 viaturas, duas das quais com um peso máximo de 5,5 toneladas.

O navio, prosseguiu, “será em tudo semelhante ao Gilberto Mariano” e deverá “retomar a normalidade da operação durante o ano inteiro, no Grupo Central, mas também na linha Lilás”.

“O ‘Mestre Jaime Feijó’ já vem a caminho dos Açores com a bandeira nacional e, quando chegar à Horta, irá hastear também a nossa bandeira, a bandeira dos Açores”, finalizou a Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas, Ana Cunha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here