“Atlantis Cup” 2019 conta com 22 barcos inscritos e larga de Santa Maria este domingo

0
341
“Quinas”, da Terceira, o barco vencedor da edição de 2018 da “AC-RA”, na Classe ORC, com o ‘skipper’, Marco Peixoto

É já este domingo, dia 28, que terá início a 31ª edição da “Atlantis Cup – Regata da
Autonomia”.
Voltando a figurinos anteriores, o percurso de 2019 contempla as ilhas de Santa Maria,
São Miguel e Terceira, finalizando, como sempre, no Faial.
A largada está marcada para as 10 horas, em Vila do Porto, na ilha de Santa Maria. A 1ª
perna ligará Vila do Porto a Ponta Delgada, numa distância aproximada de 63 milhas.
A 2ª etapa – com largada pelas 10 horas do dia 30 deste mês – ligará as cidades de
Ponta Delgada e Angra do Heroísmo, sendo esta a maior etapa, numa distância
aproximada de 92 milhas.
A 3ª e última perna da “AC-RA” 2019 será entre Angra e Horta – uma distância
aproximada de 70 milhas em rumo directo – com partida da Cidade Património Mundial
da UNESCO pelas 11 horas do dia 03 de Agosto.
O encerramento da linha de chegada está programado para as 13 horas de 04 de Agosto,
dia da Abertura Oficial da 43ª Semana do Mar – a primeira festa concelhia dos Açores –
e em pleno Festival Náutico, o maior de Portugal, organizado pelo Clube Naval da
Horta (CNH).

Na 31ª edição da “Atlantis Cup – Regata da Autonomia” estão inscritos 22 barcos – as
inscrições ainda não estão encerradas – o que, no dizer de José Decq Mota, Presidente da Direcção do Clube Naval da Horta, Entidade Organizadora, se trata de um número
“muito significativo”, revelador da notoriedade internacional que a “Atlantis Cup – Regata da Autonomia” conquistou ao longo das suas 30 edições, e que tem contribuído, “em grande escala, para promover os Açores lá fora e para projectar, no exterior, o Arquipélago como destino de Náutica de Recreio”.
A “Atlantis Cup” conta, desde 2001, com o Alto Patrocínio da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, razão pela qual a partir dessa data foi rebaptizada com o nome de “Regata da Autonomia”.
Nos últimos 3 anos e procurando dar resposta a um desafio feito anteriormente pela
actual Presidente da ALRAA, Ana Luísa Luís, os percursos da “Atlantis Cup – Regata
da Autonomia” foram diferenciados e concebidos para que, terminado esse período
(2018) esta Regata tivesse “tocado” nas 9 ilhas dos Açores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here