PPM apela à contratação de navio capaz de abastecer Flores e Corvo de forma conveniente

0
111
Foto de Arquivo - Açores 24Horas

A Representação Parlamentar do PPM entregou hoje uma iniciativa parlamentar que visa assegurar a contratação de um navio com capacidade para transportar o número de contentores necessários para abastecer as ilhas do Corvo e das Flores, alegando que o navio “Paulo da Gama” apenas assegura em cerca de  20% das reais necessidades de abastecimento das referidas ilhas, “além de estar impedido de transportar, em simultâneo, combustível, congelados e refrigerados”.

A destruição parcial do porto comercial das Lajes das Flores após a passagem do furação Lorenzo no inicio deste mês, obriga agora ao abastecimento da ilha das Flores através da utilização do cais -5 (destinado ao tráfego local) no porto das Lajes das Flores e do navio
“Paulo da Gama”. O navio que não tem, segundo Paulo Estevão, capacidade para
transportar o número de contentores suficientes para abastecer de forma conveniente a ilha das Flores.

Para o deputado, “é igualmente vital que o navio em questão possua também as características necessárias para operar nas condições operacionais atualmente vigentes no Porto da Casa, na ilha do Corvo, e uma vez que “a sua infraestrutura portuária – recentemente ampliada – ficou intacta, isso significa, como fez notar o Presidente do Governo Regional, que o seu abastecimento marítimo de mercadorias não deve ficar condicionado pelas limitações atualmente existentes no porto das Lajes das Flores. Pode e deve ser realizado diretamente a partir da ilha do Faial, tal como garantiu o Presidente do Governo Regional”.

A Representação Parlamentar do PPM “exige que os diretores regionais que se deslocam hoje à ilha das Flores para realizarem o levantamento da situação decorrente da quebra de abastecimento naquela ilha, realizem o mesmo género de levantamento da ilha do Corvo,
que tem estado submetida à mesma contingência de restrição no âmbito do abastecimento de mercadorias e combustível”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here