Rui Bettencourt destaca “grande consensualização” entre as Regiões Ultraperiféricas reunidas em Bruxelas

0
94

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas destacou hoje, em Bruxelas, a “grande consensualização” registada na reunião de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia, em que participou em representação do Presidente do Governo dos Açores.

“Esta série de encontros que estão a decorrer em Bruxelas têm uma lógica muitíssimo importante”, afirmou Rui Bettencourt, sublinhando o facto de se estar a iniciar um novo ciclo institucional na Comissão Europeia, mas também no Parlamento Europeu e com o Conselho Europeu, numa altura em que se decidem as próximas etapas e o Quadro Financeiro 2021/2027.

“Perante todos estes acontecimentos, que representam um momento muito importante para os Açores e para todas as Regiões Ultraperiféricas, o dia de hoje foi de grande consensualização, de modo a termos uma posição conjunta, forte, quer perante o Parlamento Europeu, quer perante a Comissão Europeia, quer perante o Conselho Europeu” frisou.

O titular da pasta das Relações Externas manifestou ainda satisfação pelo facto de a posição de conjunto das RUP decorrer da posição açoriana.

“O Governo dos Açores tem insistido com uma posição muito firme à volta de contrariar os cortes que a Comissão Europeia propôs para a Politica de Coesão, para a Política Agrícola Comum, para o POSEI, e também de contrariar a taxa de cofinanciamento, que a Comissão propôs que passasse de 85 para 70%, ou seja, que o esforço regional passasse de 15 para 30%, duplicasse” disse o Secretário Regional.

Para Rui Bettencourt, esta posição consensual tem um  “grande significado” e vem fortalecer os Açores e as Regiões Ultraperiféricas perante as próximas negociações e decisões, junto do Parlamento Europeu, da Comissão Europeia e dos Estados-Membros – Portugal, Espanha e França – com quem os Presidentes das RUP se reúnem terça-feira.

O Secretário Regional destacou também “uma tomada de posição conjunta, muito consensual” que está de acordo com aquilo que os Açores têm defendido desde há muito tempo, que é o próximo programa de cooperação territorial europeu.

“Tem que ser um programa que implique as Regiões Ultraperiféricas no seu todo” e dizer respeito a projetos comuns, defendeu Rui Bettencourt.

“Vimos que havia, pelo menos, duas questões comuns que tocam a todos, e nós já auscultamos os parceiros sociais e a sociedade civil açoriana internamente, que dizem respeito aos transportes, por um lado, e ao mar, por outro”, afirmou.

“São dois aspetos que podem implicar no todo as Regiões Ultraperiféricas, portanto tudo isto foi decidido com uma posição conjunta que reforça a posição açoriana e que reforça também a posição das Ultraperiféricas”, salientou Rui Bettencourt, considerando que foi “um momento muito agradável de trabalho”, que espera seja “produtivo” para as próximas reuniões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here