Parlamento Açoriano aprova voto de pesar pelo falecimento de Zuraida Soares

0
110

Um voto de pesar, pelo falecimento da antiga deputada do Bloco de Esquerda, Zuraida Soares, que partiu no passado sábado, aos 67 anos vitima de doença prolongada, marcou o inicio dos trabalhos parlamentares deste mês.

Zuraida Soares, antiga coordenadora e primeira deputada do Bloco de Esquerda nos Açores, “enfrentava o debate parlamentar com paixão, acutilância, inteligência e tantas vezes com humor, e era reconhecidamente uma parlamentar de excepção”. Na sua ultima intervenção no Parlamento açoriano afirmou, que “não há nada que dê mais colorido e força à vida do que lutar por uma sociedade mais digna, mais democrática, mais humana, mais tolerante, mais decente, e sobretudo, no fim, por uma sociedade e por uma terra sem amos”.

“Dotada de uma invulgar inteligência, a que se juntava uma grande alegria de viver e uma combatividade e perseverança inigualável, marcou-nos a todos de forma indelével e inspiradora”, ouviu-se de António Lima, deputado do Bloco de Esquerda, na leitura do voto de pesar, subscrito por todos os partidos com assento parlamentar.

Foi eleita deputada regional pela primeira vez em 19 outubro 2008 e reeleita em 14 de outubro de 2012 e 16 de outubro de 2016.

Foi coordenadora do Bloco de Esquerda Açores, entre 2004 e 2014, membro da Mesa Nacional do Bloco de Esquerda, até à X Convenção Nacional, e da Comissão Política Nacional entre 2014 e 2016.

Deixou o Parlamento dos Açores em 20 de setembro de 2018, aplaudida de pé pelos seus pares.

O voto de pesar foi aprovado por unanimidade, seguido de um minuto de silêncio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here