União dos açorianos no mundo é exemplar, afirma Rui Bettencourt

0

O Secretário Regional Adjunto da Presidência para as Relações Externas sublinhou hoje, em Ponta Delgada, o “espírito de união” que os açorianos do arquipélago e das comunidades da Diáspora têm demonstrado para enfrentarem as dificuldades durante a pandemia de COVID-19.

“Vocês têm tido um papel muitíssimo importante na união e no enfrentar das dificuldades das vossas comunidades, das comunidades açorianas de todo o mundo” afirmou Rui Bettencourt, dirigindo-se aos presidentes das Casas dos Açores, com quem se reuniu por videoconferência.

Para o governante, os açorianos têm sido “exemplares”, bem como as Casas dos Açores e  outras organizações não governamentais, “na solidariedade em relação às dificuldades que um ou outro Açoriano possa ter nas suas comunidades” considerando mesmo que essa união de Açorianos é exemplar, não só nos Açores mas em todo o mundo.

Rui Bettencourt disse ainda que o Governo dos Açores tem seguido a situação por todo o mundo e que tem sido “interessante” verificar “a consciência cívica que os açorianos têm nas suas comunidades e a grande solidariedade entre açorianos”, nomeadamente instituições de solidariedade, organizações não governamentais e Casas dos Açores, “que têm assistido aqueles que se encontram em situação de maior fragilidade em vários Estados onde se encontram”.

“Nós estamos a atravessar um momento muito difícil da nossa história e convém estarmos unidos com todos os açorianos da Diáspora” afirmou o governante, recordando que, em seis séculos de história, os Açorianos e os Açores já enfrentaram outras dificuldades nas suas vidas e que agora continuarão unidos e a dar esse exemplo de união por todo o mundo.

O Secretário Regional manifestou apreço pelo trabalho que todos estão a desenvolver e deixou uma mensagem de esperança a todos, esperando que se possam encontrar brevemente.

Participaram nesta reunião 15 Casas dos Açores, sendo 13 membros do Conselho Mundial das Casas dos Açores, nomeadamente do Canadá (Ontário, Quebeque e Winnipeg), Estados Unidos (Nova Inglaterra e Hilmar, na  Califórnia), Bermuda, Brasil (Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul), Uruguai e Portugal continental (Lisboa e Norte) e duas novas Casas dos Açores, como observadoras (Madeira e Maranhão).

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here