Açores implementam projeto para prevenção de dependências na gravidez precoce

0

A secretária regional da Saúde dos Açores assinou esta sexta-feira um acordo de cooperação financeira para a implementação do projeto piloto “Trajeto 0”, em Rabo de Peixe, que pretende prevenir dependências em “contextos vulneráveis”.

O projeto em causa, que será implementado em Rabo de Peixe, “visa criar uma rede de acompanhamento de grávidas no período pré e pós-natal e dos respetivos filhos até aos três anos”, explica a nota de imprensa enviada hoje pelo executivo regional.

Na assinatura do protocolo entre a Secretaria Regional da Saúde e o Centro de Terapia Familiar a Intervenção Sistémica, que se realizou hoje, em Ponta Delgada, Teresa Machado Luciano destacou que esta iniciativa permite “uma intervenção de proximidade, precoce e que procura prevenir os problemas emocionais que levam a comportamentos de risco”.

A governante adiantou que este projeto pode ser estendido a outros territórios dos Açores, dependendo “da avaliação da implementação do projeto em Rabo de Peixe”, e garantiu que vão ser privilegiados “os territórios identificados como prioritários no âmbito da Estratégia Regional de Combate à Pobreza e Exclusão Social”.

Para a secretária regional, agora importa “ajudar as famílias a construírem o seu projeto de futuro, procurando garantir também a sua integração na comunidade”.

Em fases posteriores, a intervenção “irá incidir primeiro em crianças até aos 3 anos e depois em crianças dos 3 aos 6 anos de idade”, lê-se na nota.

Este projeto irá funcionar sob a coordenação da Direção Regional de Prevenção e Combate às Dependências e em parceria com a Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel, através da Unidade de Saúde de Rabo de Peixe.

O Centro de Terapia Familiar e Intervenção Sistémica já desenvolve, em Rabo de Peixe e nos Fenais da Ajuda, em São Miguel, o projeto “Prevenir em Família e Comunidade”, para o qual conta, também, com a parceria da Secretaria Regional da Saúde, através da Direção Regional de Prevenção e Combate às Dependências.

 

 

Lusa

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here