Covid-19 | Dois novos casos em São Miguel

1

Foram diagnosticados, decorrentes das 719 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da Região nas últimas 24 horas, dois casos positivos de COVID-19 na ilha de São Miguel.

Segundo a Autoridade de Saúde Regional, um dos casos diagnosticados reporta-se a um indivíduo do sexo masculino, com 36 anos de idade, membro da tripulação de uma embarcação que foi rastreada à chegada à Região Autónoma dos Açores e que permaneceu na mesma enquanto aguardava o resultado do teste e que apresenta situação clínica estável e será transferido para alojamento a fim de cumprir o isolamento.

Os restantes elementos da tripulação deverão cumprir quarentena na embarcação pelo período de 14 dias.

O outro caso diagnosticado reporta-se a um indivíduo do sexo masculino, com 51 anos de idade, que chegou hoje à Região Autónoma dos Açores, proveniente de ligação aérea com território continental, cuja análise laboratorial realizada antes do embarque produziu um primeiro resultado inconclusivo e um segundo resultado, conhecido após a chegada à Região, positivo.

O indivíduo apresenta situação clínica estável, tendo sido transferido do aeroporto para o Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada, para avaliação.

Está já em curso a testagem dos contactos próximos deste segundo caso, tendo sido diligenciados, pela Delegação de Saúde Concelhia, os procedimentos definidos para caso confirmado e vigilância.

Com estes casos mais recentes, foram detetados na Região 161 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença COVID-19, verificando-se atualmente nove casos positivos ativos, dos quais sete na ilha de São Miguel, um na ilha Terceira e um na ilha das Flores.

Pub

1 COMENTÁRIO

  1. Já agora, preocuparam se em saber as condições em que ficam os desgraçados que viajaram de Lisboa com esse último caso positivo e estão em quarentena no hotel? São os leprosos do século XXI, num quarto sem limpeza nem lavandaria durante 14 dias quando têm teste negativo! Sem acompanhamento a não ser do pessoal do hotel que fazem o melhor. Vai contra todas as normas de higiene e humanidade. O outro senhor conseguiu habeas corpus… Não fez jurisprudência… Eu e o meu marido pensávamos ir às Flores em agosto… Cruzes, não somos animais. Façam o vosso trabalho de informação e denunciem estás situações que afinal não impedem nada porque não servem senão para assustar! Obrigada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here